PT é contra aumento da tarifa do transporte público na capital

O Partido dos Trabalhadores (PT) na pessoa do deputado Lazinho, presidente do diretório Estadual/RO, vem a público manifestar indignação de tamanha violação dos direitos do cidadão com um aumento, considerado abusivo da passagem de ônibus em Porto Velho. O reajuste da tarifa de 3,60 para R$ 3, 80 é um verdadeiro desrespeito aos usuários do transporte público. O aumento da tarifa foi homologado, ou seja, foi aprovado pelo Prefeito Hildon Chaves (PSDB) por meio do Decreto 14.575, de 30 de junho de 2017.

 

 

O PT sabe que o transporte público é um direito social, um serviço essencial para milhares de cidadãos e cidadãs que se deslocam por esse meio e o tem como única alternativa. O aumento da tarifa para R$ 3, 80 dificulta e impede uma grande parcela da população de se deslocarem para seus locais de trabalho, escola, atividades culturais e de lazer, dentre outras necessidades.

 

Essa é uma das tarifas mais altas do País e a população sem ação diante da imposição do atual prefeito, paga caro e continua permanecendo horas em paradas de ônibus sem a menor estrutura, utilizando ônibus sucateados,  frota reduzida, principalmente aos fins de semana,  pessoas com mobilidade reduzida, como idosos, grávidas e cadeirantes sendo desrespeitados, superlotação e calor insuportável dentro dos coletivos e o que falar do terminal de integração que foi desativado por não cumprir sua função e agora se reduz a um cartão que nem sempre funciona como deveria, pois os horários demarcados para a transição de um ônibus para outro nem sempre é a realidade vivida pelos usuários, que passam horas e horas aguardando coletivo e correndo o risco de serem assaltados, principalmente à noite.

 

 

Infelizmente essa é a realidade que o Sr. Prefeito Hildon Chaves parece não enxergar. Esse era para ser o contrato provisório do Consórcio SIM, mas até agora nem um sinal de que outra empresa passará por licitação para prestar serviço digno a população e é por isso que o PT como um partido defensor da classe trabalhadora, que precisa utilizar o transporte coletivo diariamente para ir e vir de suas atividades, considera que esse aumento não se justifica, primeiro, pela péssima qualidade do serviço prestado, segundo, pela falta de estudo técnico qualificado que o embase, com acompanhamento de organizações da sociedade civil, e em terceiro pelo fato de que o transporte público é um direito social e é obrigação da Prefeitura de Porto Velho buscar alternativas para subsidiar esse direito básico da necessidade humana.

 

 

A prefeitura de Porto Velho, deveria buscar meios para o barateamento e a gratuidade do transporte público, e que o mesmo tenha qualidade, transparência, participação social e que seja sustentável. O serviço hoje é deficitário e insatisfatório para alguns usuários e é por isso que, o Partido dos Trabalhadores luta pela sociedade e acredita que a população que utiliza o transporte público na capital precisa de um transporte digno e preço justo e não esse valor de 3,80 que por muitas vezes passará por 4,00 sendo que nem sempre o cobrador terá os 0,20 para devolver ao passageiro. Chega! O POVO NÃO AGUENTA MAIS !!!!

Fonte: assessoria / PT Estadual
02/08/2017 07:56

Partido dos Trabalhadores Diretório Estadual de Rondônia
Av. Calama, n°895 – Centro CEP 78903-000 – Porto Velho, RO
Telefone: +55 (69) 3224-5906 / 3224-5926
PT - Partido dos Trabalhadores ©2018 - Todos os direitos Reservados - George Bergson